Em qualquer plataforma voltada a games, a resolução é um dos termos mais importantes ao ser falado em qualidade de imagem. Tanto é que na história, é ela que basicamente separa gerações de consoles, tendo um aumento extraordinário de resolução a cada troca desde a época dos jogos em 16 bit.

Atualmente, falamos muito de Project Scorpio e PlayStation 4 Pro. Se tem algo em comum que aparece em qualquer matéria sobre esses consoles é o termo 4K.

A resolução 4K tecnicamente significa que temos 4 vezes mais qualidade que o Full HD (1080p), e os consoles estarem começando a trazer isso é uma revolução no mercado.

Pessoalmente, já tenho experiência com 4K em games para PC há algum tempo, plataforma essa que recebe as novidades muito antes dos consoles em relação a desempenho, e posso dizer que a diferença é muito grande, dando aquela sensação de estar sem óculos ao jogar em Full HD.

No entanto, não podemos focar apenas na resolução quando se trata de qualidade de imagem. Isso porque ela define a imagem de uma maneira geral com foco nela parada, e não em movimento. Quando a imagem se movimenta, os pixels devem mudar de cor para formar as imagens que queremos ver de uma maneira rápida, essa velocidade tem que ser tão veloz a ponto de acompanhar nossos olhos e movimentos com o controle por trás da TV, certo?

O responsável por esses piscos e trocas de cores nos pixels é o famoso fps, que em um termo brasileiro significa frames por segundo. Quanto mais alta essa taxa, mais rápido a imagem será movida na tela, apresentando uma imagem fluida e natural aos nossos olhos. Isso torna esse atributo tão importante quanto a resolução, e é aí o calcanhar de aquiles dos consoles.

 

Entendendo Resolução x FPS do Xbox One e PS4

O PS4 trouxe praticamente todos os jogos rodando na resolução 1080p (Full HD), enquanto que o Xbox One ainda contava com Call Of Duty Ghosts , The Witcher 3, entre outros grandes títulos rodando em 720p (HD), perdendo qualidade de imagem para o seu concorrente da Sony.

Nessa época, a Microsoft foi questionada sobre isso e sua desculpa foi: Não trazemos em Full HD para conseguir mostrar o jogo a 60 frames por segundo, uma quantidade “ideal” para uma boa jogatina em jogos rápidos, enquanto que o PS4 ainda trazia alguns games a 30 fps, mas em Full HD.

O tempo foi passando e atualmente cerca de metade dos games rodam em 60 fps e em 1080p, sendo que boa parte dos que rodam em 60 fps é através de otimizações e melhorias que proporcionam essa taxa de fps mas acabam tirando certos atributos gráficos dos games.

 

E o que o 4K nos consoles tem a ver com isso?

Com a promessa de  um 4K nos consoles, é óbvio que os consoles serão mais potentes, e além do benefício visto em televisões com essa resolução, teremos o enorme público que ainda jogam em Full HD ou em 2.5K podendo rodar finalmente os jogos em resoluções Full HD a 60 fps, sem nenhum efeito gráfico tirado ou diminuído.

Atualmente podemos comparar os jogos abrindo o mesmo em um computador com capacidade de rodar na qualidade máxima e na mesma resolução que o console, só que a 60 fps. A diferença de imagem é nítida, mostrando como a otimização feita pelas desenvolvedoras são pesadas nos games para consoles.

 

E você, o que acha de tudo isso? Percebe a diferença de resoluções e fps? Comente!