Hoje (20/10) é dia de novidade! A Nintendo, gigante dos games que ultimamente corre por trás quando o assunto é disputa em hardware, lança sua última alternativa para conquistar novamente sua fatia de mercado. Rumorado por meses como Nintendo NX, e tendo seu anúncio adiado pela empresa em múltiplas vezes, o novo console finalmente deu as caras por aqui.

Antes de continuar com o texto, gostaria de colocar o vídeo do anúncio para vocês! Ele dura cerca de 3 minutos, é focado em gameplay e novidades, e é muito importante para que o leitor consiga entender o tamanho da mudança de foco da empresa!

 

O Trailer

Como o leitor deve ter percebido, trata-se de uma novidade tamanha. Iniciamos o vídeo com um gameplay sensacional: o novo Zelda, Breath of Wild, rodando no novo console que ainda não foi mostrado oficialmente.

Logo depois, o primeiro momento ‘Switch’: O jogador desmonta o console, retirando uma parte que se torna um gamepad, ou um tablet gamer, depende da metáfora que você deseja usar! Até esse momento, o anúncio nada mais foi do que simplesmente um revival do que era o Wii U até aqui: Console de mesa, com possibilidade de streaming para uma tela secundária.

Acontece que, momentos depois, é possível ver que o jogo está rodando num ambiente aberto e totalmente longe de casa, onde a base do console está.  Pela primeira vez um portátil da Nintendo está conseguindo rodar os jogos Triple AAA, como Zelda!

switch2

Isso abre uma vastidão de novidades possíveis. Jogar na sua TV realmente é mais confortável por conta da alta resolução, mas caso a energia acabe, você tenha que fazer uma viagem longa, sua mãe quer assistir a novela: sempre que um empecilho desses acontecer, é possível manter a jogatina a distância com a mesma qualidade do portátil conectado a sua base.

Ou seja: Não é nem um console de mesa, muito menos um portátil propriamente. É o primeiro console híbrido,  que mistura o melhor dos dois mundos, e uma grande aposta da empresa. Pode ser que isso enfraqueça muito a divisão portátil no futuro, ou até mesmo encerre uma possível continuação do 3DS. O que a empresa fará com suas divisões, só o futuro e talvez o sucesso do Nintendo Switch dirá.

switch3

Nos minutos que se passam, é possível ver também diferentes módulos de jogo. Com um controle, com dois mini-controles que se juntam em um só, com esse mesmo mini-controle, mas onde as duas peças funcionam separadamente para criar uma partida multi-player local… As possibilidades são muitas, e é bem provável que ainda não vimos tudo que o novo console poderá oferecer em termos de gadgets e formas de jogo. Afinal, a Nintendo é bem famosa em criar extensões e novos hardwares que incrementam a experiência com o console principal.

É possível perceber também duas novidades importantes para o console. A primeira é que ele está rodando Skyrim, provavelmente a edição Lendária, que saíra em novembro para a nova geração. Além disso, há também foco em jogos competitivos usando a nova plataforma como base, como Splatoon e até possivelmente Mario Kart. Com foco maior em jogos AAA e cenário competitivo, a empresa mostra também que está disposta a adentrar novos mundos que até então eram pouco explorados ou até mesmo investidos pela gigante nipônica.

Temos muitas razões para estarmos animados com a novidade. Mas e você leitor, o que achou disso tudo? Comente com a sua opinião!