Para quem acompanha o mundo da Tecnologia como nós, é muito empolgante quando uma atualização grande de um serviço que utilizamos com frequência chega ao nosso alcance. A possibilidade de mudar um pouco a sua rotina, sem se desfazer das suas ferramentas favoritas, é bem divertida. E agora, quem passa por um processo de renovação interessante é o Google Chrome.

Confira as novidades que chegam para o seu navegador Windows, como ativá-las e também uma opinião rápida sobre as mudanças para o navegador da gigante de busca!

 

Material Design

Há uma tendência na Google de manter as atualizações de seus aplicativos no mesmo padrão, tanto para o Desktop quanto para o Android. A maior das mudanças da empresa, de forma a fazer suas aplicações parecerem homogêneas em qualquer plataforma, é criar seu layout e design em uma linguagem criada pela própria empresa chamada Material Design.

Screenshot-2015-08-17-at-19.55.23

Esse modelo de Layout está tomando conta de várias aplicações e websites no mundo desde que foi lançado. Ele consiste em criar “cards”, retângulos de informações distribuídas pela tela, aliados a transições e efeitos espalhados por toda a aplicação e jogos de cor e sombra entre as caixas. Parece muito com vários sites (o próprio template do Manual foi criado seguindo algumas dessas tendências), e está invadindo até mesmo propriedades importantes como o Youtube em sua próxima atualização.

Essa atualização já está incluída no seu navegador Windows, mas provavelmente ainda não está ativa. Para isso, vá até o endereço chrome://flags/#top-chrome-md direto do seu Google Chrome. Aparecerá algumas configurações muito avançadas, portanto cuidado. O seu foco está apenas na primeira opção, “Material Design na parte superior do Google Chrome”.

chrome-settings

É possível escolher tanto a opção Material, para conseguir explorar o máximo de seu novo navegador, ou decidir por uma opção híbrida, para que a mudança não seja tão brusca e facilite notebooks e monitores touchscreen. Brinque um pouco com as opções, e escolha a que achar mais bonita. Essa é a graça de brincar com essas configurações! ;)

 

Mudanças de Performance e Chromecast

Não é apenas de beleza que vive o homem, e muito menos a Google. O Chrome 53, como é chamada a nova versão, traz consigo, segundo a empresa, várias mudanças de performance para conseguir não só renderizar e tocar vídeos mais facilmente, mas também diminuir o gasto de bateria do notebook.

Ultimamente, a Microsoft vem atacando a Google (e bem, com provas), dizendo que seu navegador consome muita bateria e que as pessoas deveriam trocá-lo pelo Edge, que consome bem menos de fato. Por isso, essa versão não apenas traz melhoras para o usuário, mas também é uma resposta da empresa aos ataques da companhia de Bill Gates.

Por fim, para quem usa ChromeCast, agora será possível fazer transmissões diretamente do seu navegador para o aparelho. É muito útil para diversas funções, e antes só era possível através de ferramentas externas.

—-||—-

A Google trouxe boas mudanças para o Google Chrome. Por mais que uma mudança de layout seja sempre bem vinda, fico feliz que a empresa esteja aderençando os problemas com o gasto de bateria após ter se envolvido em várias polêmicas com isso no passado. Talvez a Google consiga manter seu mercado e não sucumba a cada vez mais forte onda de navegadores alternativos (tema interessantíssimo para outro post! ;) ).

Para mais notícias e informações completinhas, fique ligado no MT e na nossa página do Facebook!