O Manual da Tecnologia é referência em dicas e tutoriais do PES 2013, e agora, nas notícias do PES 2014. Isso não aconteceu por acaso, todo esse trabalho começou com o PES 2010, e desde então, cada vez mais aumentamos nosso inventário sobre o game.

Um dos focos das dicas sempre foi o Rumo ao Estrelato, aquele modo do PES que você assume o papel de um jogador de futebol. Já publicamos as dicas do Rumo ao Estrelato para o PES 2013 há algum tempo e desde então a gente vem pensando em como ajudar vocês mais ainda que aquele post.

Nossa ideia foi então reunir diversas dicas ” teóricas” que se forem seguidas conseguem formar o jogador perfeito para o time no Rumo ao Estrelato! Então, bora começar?

 

Overall não diz nada sobre seu jogador

110713-1713-19-550x368

Imagem Ilustrativa

A primeira coisa que você deve ter em mente é que seu OV (overall) não indica nada sobre seu jogador!

Do que adianta ele ter OV 90 com suas habilidades são focadas totalmente em velocidade sendo que ele joga de CA e que precisa realmente de bom chute e força física? Um CA com OV 80 pode ser melhor que ele se ele tiver um pouco menos de velocidade mas ser mais completo nas outras.

Não estamos dizendo que um CA ter velocidade é ruim, muito pelo contrário! O que estamos querendo dizer é que o erro que muitos cometem é ter um bom OV só que totalmente focado em uma só habilidade. Vamos explicar  melhor no próximo tópico:

 

Não acabe com a tática do seu time

Vamos supor que o seu jogador é um CA, com OV 90, e ele joga nessa posição em seu clube. Seu nível de velocidade é A, sua técnica, C, sua força e resistência, também C.

9022925153126

Como ele fica infiltrado na defesa, ele acaba recebendo a bola muito mais pelo alto ou de costas para a defesa. Assim, ele precisa de força física e velocidade para conseguir fazer o giro e enfrentar a defesa, certo? 

Porém, um CA só com velocidade não terá essa força, o que irá fazer ele querer sempre receber a bola de frente para a zaga (coisa que é mais fácil sendo um SA) e assim ele irá voltar um pouco em direção ao meio para que tenha mais espaço, e como ele volta para o meio para chegar ao ataque, ele estará pegando a função do MAT.

Agora, pense um pouco mais: Esse CA teve de fazer coisas de outras posições (SA e MAT) para conseguir jogar. Dessa forma, ele pegou espaço no campo que é de outro jogador! Acabando com o sistema tático do treinador. 

Você acha que o PES não percebe isso? Fique sabendo que percebe, quer ver? Quantas vezes você teve de fazer gols todos os jogos (manter o mesmo nível) porque se não marcar, a barra de confiança do treinador já cai muito? Isso também é devido ao fato de você acabar com a tática do time, pegando funções de outros jogadores.

 

“Mas os jogadores não passam a bola!”

PES 2013

Se você já é a estrela do seu time e já percebeu que se tenta ser um CA de verdade (continuando nosso exemplo) ninguém passa a bola para você, sua situação já está crítica!

Isso porque o time já depende 100% de você, e isso não é bom porque você joga sozinho! Pega a bola, joga um companheiro na cara do gol ou dribla cinco e marca o gol.

Eu aposto que o rendimento seria muito melhor se deixasse o meio campo trabalhar e você fazer sua função (driblar, girar, chutar, correr e tudo mais que é possível) ali no ataque! Vai ser muito mais fácil, afinal, você já está perto da área! 

Mas, como dissemos, talvez o time não faça mais isso porque o sistema tático já mudou depois que você chegou (geralmente é nesses casos que o técnico faz um 4-5-1 e te isola lá na frente) para que ninguém toque a bola para você no ataque, e sim lá no meio campo.

A solução para isso seria trocar de time e aderir a um novo estilo.

 

Sim, exceções existem!

PES-2013-Rumo-ao-estrelato

Continuando nosso exemplo do CA, existem exceções! No começo da carreira o time que você joga é muito ruim, e para se destacar é interessante ser essa referência, buscar a bola no meio e tudo mais. Mas, você só deve fazer isso ao perceber que o time realmente não consegue jogar.

Ou seja, se ele está tocando a  bola e faz ela chegar para você perto da área, deixe rolar e espere a bola chegar.

Caso você veja que o time só sofre pressão e não consegue nada, aí a coisa complica e você deve buscar a bola e ajudar o máximo. 

Dificilmente isso irá acontecer em um clube maior, que consegue jogar e fazer a bola chegar até você. Assim, a exceção só vale para os primeiros times da carreira, certo?

Mas ainda existe uma outra exceção: Você pode surpreender o adversário de vez em quando, buscando a  bola de vez algumas vezes ou mudar um pouco a posição em determinados momentos do jogo.

O PES é um jogo, uma “máquina”, assim, se você passar mais tempo em sua posição original, e somente algumas vezes “surpreendendo”, o game ainda irá entender que você segue o padrão tático.

 

“Mas será que realmente essa estratégia é a melhor?”

“A melhor” é difícil dizer, mas que é uma ótima estratégia e que recomendamos, sim! Isso porque você irá cansar menos, irá se adaptar ao time que joga e irá ser fundamental em sua posição, sendo diferente ali no ataque ou no local onde você joga (no caso de outras posições), e dessa forma, você será perfeito para o time!

110713-1717-51

 

Conclusão final: 

Para ser um jogador perfeito, ele deve:

  • Evoluir as habilidades de acordo com a sua posição;
  • Respeitar o local onde deve jogar, não pegando espaço de outros jogadores o jogo inteiro;
  • Ser diferente, mas respeitando sua posição original, assim, surpreendendo algumas vezes durante a partida;
  • Se adaptar ao time que joga, e não fazer com que o time se adapte a ele.

 

Fizemos testes seguindo esse ritmo e a média em que o jogador chegou ao ápice, sendo melhor do mundo várias vezes e conseguindo ser completo, foi com 25 anos! O OV ficou na média de 95 a 100 nessa idade, mas como dissemos, ele não importa, desde que as habilidades sejam bem distribuídas de acordo com a posição! 

Esperamos ter ajudado a você, e estamos abertos a outras técnicas que também dão certo, para isso, comentem!

Também fique ligado para mais dicas e dê uma olhada nessas:

Quer ficar por dentro de tudo  o que acontece no mundo dos Games? Então curta o Manual no Facebook, no Google + e no Twitter!




Sobre o Autor

Lucas criou o Manual da Tecnologia aos seus 14 anos, em 2009. Atualmente, o mantém muito mais como "hobby", porém de uma maneira profissional, escrevendo sempre o que lhe agrada.