Complementando o post anterior, estou fazendo mais uma edição, com dicas e detalhes a observar no seu blog, devido ao sucesso do outro post. Mais dicas, que irão deixar seu blog mais completo e funcional.

Artigos relacionados: é bom porque mantém o visitante por mais tempo no site e diminui  a taxa de rejeição. Existem várias opções, e eu recomendo o LinkWithin, pela simplicidade, possibilidade de analisar os pageviews gerados a mais e não necessitar de cadastro, além de ter um algoritmo eficiente.

Aproveitar o rodapé do feed: no post anterior, já deixei claro para liberar o feed completo, mas existe um detalhe a se observar com isso. Muito sites que se dizem “agregadores” ou mesmo plagiadores simplesmente pegam o feed e chupam o conteúdo. Para evitar que isso ocorra, você pode usar o rodapé do RSS para colocar uma mensagem sobre direitos autorais, e até mesmo publicidade. Com informações a respeito disso no rodapé, e devido ao fato de estar atrelado ao feed, você consegue evitar o roubo de seus posts.

Otimizar imagens: quando falo em otimizar imagens, existem 2 pontos a se observar: o peso e SEO. Em relação ao peso das imagens, você pode usar otimizadores online para reduzir o peso delas. Com isso, o seu blog (principalmente se ele tem muitas imagens) passa a carregar um pouco mais rápido, o que é também um fator de SEO.

E o outro ponto é sobre o uso dos atributos alt e title na tag img, no HTML. O atributo alt corresponde ao que irá aparecer caso a imagem não carregue. Pense nele como uma descrição da imagem para uma pessoa que não enxerga. E o title corresponde ao que aparece quando se passa o mouse na imagem. Ao inserir uma imagem, preste atenção se eles existe. Veja abaixo um pequeno exemplo:

<img src=”/img/imagem-a-ser-carregada.jpg”   alt=”Descrição quando a imagem não carrega” title=”Mensagem quando se passa o mouse” width=”000″ height=”000″ />

 Gatinha brincando com galho de árvore

–  Música ou vídeo em autoplay: toda vez que um blog tem isso, morre um gatinho. NÃO FAÇA ISSO. NUNCA. É horrível, ainda mais se o visitante estiver no trabalho. É incomodativo, inadequado e atrasa o carregamento. Isso só dá certo nos sites de rádio, onde é exatamente essa a finalidade. No seu blog, se realmente precisar de um player, que só comece a tocar quando o visitante o fizer. Você não quer matar a gatinha acima, certo?

Política de privacidade: se você está inscrito no AdSense, você deve ter esta página. Veja dicas para a criação. Na página do meu blog, acabei estendendo um pouco o objetivo e esclareci também sobre o Google Analytics e demais anúncios. Não é necessário, mas você pode colocar se realmente quer informar o máximo possível seu leitor no que ele é trackeado.

Caixa de busca personalizada: e no topo do blog, que é onde será procurada primeiramente. Se a página for muito grande, pode ser útil colocar uma no fim. Se você está inscrito no AdSense, você pode ganhar dinheiro com caixa de busca do AdSense. Lembre-se que ela deve ser programada para fazer a busca só em seu site. Recomendo também evitar as buscas nativas do seu CMS (WordPress, Blogger, etc), pois o Google e o DuckDuckGo oferecem esse serviço gratuitamente, e com um algoritmo muito mais funcional e sofisticado.

Evite widgets com contadores: se o seu blog ainda tem muito poucos subscritores/seguidores/etc, pois existem leitores que relutam em seguir um blog com números menores, apesar disso ser uma idiotice, pois o que vale é o conteúdo. Mas se seu blog tem coisas interessantes para mostrar, pode ser um incentivo.

E então temos mais dicas para seu blog, apresentadas de uma maneira simples e objetiva. Não é tudo o que existe para deixar um blog perfeito, mas faz parte. Deixe também sua dica nos comentários. Você pode ter algum conhecimento que nos será muito útil.