Hoje vamos falar sobre um tema muito discutido na web: Notebook ou desktop? Qual o melhor? Essa pergunta não é fácil de ser respondida, portanto decidimos colocar todas as cartas na mesa e conferir, finalmente, essa resposta.

O notebook nos trás a portabilidade, de podermos ter um computador onde formos. Já o desktop…. ahhh o desktop, qual sua vantagem afinal? Os mesmos programas podem ser instalados em ambos, tendo uma navegação similar e com o mesmo desepenho se ambos tiverem o mesmo hardware. Certo? Errado! 

Percebemos que na internet a opinião dos usuários nesse tema é sempre que o notebook é igual ao desktop só que portátil, sendo melhor e tais coisas. Porém se pararmos para pensar, o desktop pode ser muito melhor para determinados usuários, sendo que o mesmo vale para o notebook. Explicando melhor:

 

Notebook

Com um notebook você poderá ter um computador onde você for, sendo ótimo para acessar a internet, fazer seus trabalhos e apresentações, visualizar e editar suas fotos e tais coisas. Enfim, você pode fazer qualquer coisa com seu notebook se comprar um com hardware suficiente (Aprenda a escolher um notebook de qualidade).

A comodidade também é algo que devemos levar em conta, afinal, você terá já tudo pronto em um computador de fácil movimentação sem preocupações com acessórios adicionais ou incompatibilidade dos mesmos (webcam, portas USB, teclado, mouse, som, monitor e tais acessórios).

Notebook

O problema será que para fazer upgrades (aumentar a quantidade de memória RAM ou trocar processador, HD, algo do tipo) é muito mais complicado e limitado. O aquecimento também pode ser um problema caso você necessite utilizar o aparelho constantemente e ao seu máximo. A bateria terá de ser recarregada constantemente, assim para onde você for o carregador terá de estar por perto. Não podemos esquecer das limitações do tamanho da tela e que o mousepad para designers e gamers pode não ser uma boa opção, assim você terá de levar um mouse para onde for.

Por esses motivos recomendamos o notebook para usuários que necessitam de portabilidade e também que não desejam fazer grandes upgrades, assim sendo ruim para designers, programadores e principalmente gamers, mas ótimo para uma pessoa que deseja ter um computador pessoal para organizar e editar seus arquivos com desempenho e praticidade.

 

Desktop

Já com um desktop você poderá montar uma super máquina por um até mesmo abaixo do equivalente em um notebook e com poucas chances de ocorrerem problemas de aquecimento se ele for verificado da maneira correta. Caso der problema em algo, você poderá trocar apenas a peça específica com muito mais facilidade, sem falar que ao necessitar de mais hardware, você poderá fazer upgrades com facilidade.

iMac
Jeff Belmonte via Compfight

Com um desktop também podemos comprar alguns acessórios com mais tranquilidade pois saberemos que ele não irá sair do lugar, portanto equipar com um potente sistema de som ou colocar um grande monitor (ou até mesmo um Monitor/TV, tendo dois equipamentos em um) podem ser boas medidas.

Os pontos negativos também são muitos se compararmos ao notebook. O computador será fixo, você não poderá move-lo com facilidade, ainda mais se tiver vários acessórios. Em uma viajem ou algo do tipo, se prepare pois ficará sem o computador, o que pode ser algo péssimo para uma pessoa que necessite ficar sempre conectado por causa do trabalho ou algo do tipo. 

Enfim, os desktops hoje em dia só são recomendados para gamers, designers, servidores, programadores ou qualquer outro usuários que necessite de máquina de última geração e utilize acessórios que funcionam bem nesse tipo de computador. Não valeria a pena comprar um desktop com uma qualidade média apenas para organizar seus arquivos e acessar a internet, nesse caso opte pelo notebook que será a melhor opção.

 

Mas e o preço… Qual tem o melhor custo x benefício?

Deixamos esse quesito como um subtítulo pois é um ponto crucial na escolha. O desktop é realmente mais barato que um notebook (com hardware similar), porém existem casos e casos. Logicamente a portabilidade e o fato das peças estarem “comprimidas” encarece o notebook, mas a diferença pode não ser tão grande assim, em alguns casos não passa de R$ 300,00, o que é um valor até justo pagado pela portabilidade.

Contando Dinheiro
Jeff Belmonte via Compfight

Mas caso você já tenha um desktop em casa e está em dúvida se vai dar um upgrade no seu ou comprar um notebook, o preço do upgrade pode ser 40% menor do que comprar um notebook. Vamos usar o seguinte exemplo: Você tem um computador antigo, poderá aproveitar o monitor, teclado, mouse… ou seja, apenas quer trocar o gabinete e seu hardware (Atualizar o PC antigo ou comprar um novo? Aprenda o que fazer). Com em torno de R$ 1800 você consegue montar um gabinete + hardware com potência similar ou até maior da de um notebook de R$ 3000, e ainda com a vantagem de melhorar mais ainda seu desktop com upgrades futuros.

Mas vale deixar claro que somente nesse caso a diferença de preço é gritante entre os dois, afinal, você estará comprando apenas o gabinete e algumas peças, sem monitor, teclado… Que já acompanham em um notebook.

 

Portanto, analise bem todos esses fatores e veja qual seria o melhor para você, caso ainda esteja em dúvida, comente sobre seu caso dizendo qual será a utilização do computador que ajudaremos na escolha.

 Comente! Também não deixe de assinar nosso feed (Não sabe o que é feed? Clique aqui e aprenda) e curtir nossa página no Facebook.