Ah, velhos tempos aqueles em que jogavamos videogame sentados no sofá, no canal 3 da televisão tentando passar o 3º castelo de Mário. Hoje está tudo muito diferente: Controles maiores, jogos maiores, telas maiores, gráficos melhores, e finalmente, chegamos ao final daquela evolução, chegando a 7º geração de consoles.

Parece que encerramos essa era em 2010. Hoje, a moda é o “Hands Free” (Mãos livres), onde não há mais espaço para os bons e velhos controles. Agora, nós somos o controle. Todos ficamos maravilhados com a evolução, que havia começado com a Nintendo criando o console Wii. Mas a mesma Nintendo, após criar o primeiro console do gênero, começa a explorar uma nova onda que promete alavancar as vendas: os games 3D.

Sim, 3D, e tudo sem aqueles óculos que deixam sua visão embassada depois de uma sessão de cinema. Tudo feito no estilo Star Wars: uma espécie de holograma projetado em uma pequena tela, onde temos a impressão de estarmos espiando um novo mundo pela janela de nossas casas. E toda essa tecnologia, no pequenino console da Nintendo, o DS.

Vejamos agora o pequeno console que roubou os olhos dos jogadores na convenção E3 deste ano, ganhando até do Kinect:

3DS: Hardware

O 3DS é formado por duas câmeras de alta resolução 3D, o que permite o alto gráfico do game. O Design básico do DS foi mantido, só que agora podemos ver uma resolução de vídeo de 640X480, bem maior que as antigas versões do console.

O DS também vem integrado com uma câmera 2D interna que vem com a função de reconhecimentos de rostos, o que possivelmente indica que poderemos interagir visualmente com o game, sendo possível até tirarmos fotos.

Os botões das versões antigas foram mantidos, como o Power e o de volume. Mas agora vem com uma adição um tanto agradável para quem está contra o movimento 3D: um slider, que permite quevocê controle o nível de 3D desejado, podendo até chegar a uma tela 2D, uma espécie de botão de volume.

Há também uma entrada para cartões de memória SD, o que permite que os usuários possam expandir a memória e gravar mais jogos.

3DS: Gráficos

Nesse quesito posso fazer uma análise extensa sobre o gráfico 3D do DS. Mas não é só isso que os novos gráficos tem a oferecer: Com a nova resolução, após testarem uma demo de um antigo jogo de PS2, o Metal Gear Solid, podemos perceber uma alta performance do console mesmo em 2D. Um gráfico que de longe supera os do PSP.

Mas sim, o grande atrativo do console é realmente a nova tecnologia apresentada. Em uma outra demo, um jogo de aviões, em Full 3D, mesmo em uma tela pequena podemos sentir que estamos realmente viajando entre cumes de montanhas, e experimente bater em um para ter a sensação de ver a sua vida inteira passar em frente aos seus olhos, e você achar que morreu de verdade.

Agora sim podemos entender todo o Hype causado por apenas um console. O 3Ds provavelmente será lançado em março, e depois de tanta espera, finalmente podemos experimentar a primeira expressão 3D em um console portátil.

E você o que acha sobre o novo console? Será que essa moda vai realmente pegar? Qual será o futuro da indústria dos games? Comente. Abraços:

Marcelo da Silva – Equipe Manual da Tecnologia