No mercado de Softwares anti-vírus, a Bitdefender é um player recente. Tendo sido fundada em 2011, vem desde então figurando, com os seus softwares de segurança, entre as referências no mercado para a área ano após ano, versão após versão. E hoje, 5 anos depois, temos a oportunidade de testar a mais recente versão do anti-vírus da empresa.

Para essa review, recebemos da companhia o software o Bitdefender Total Security Multi-device 2017, compatível com Windows, Mac OS e Android.

Testamos as aplicações no Windows e no Android. Confira o resultado desses testes agora em nossa análise:

 

Como é o Bitdefender Security Center no Windows?

Como de costume das suítes da BitDefender, o design vem em uma tema escuro, moderno e elegante:geral

Todas as funções são muito bem distribuídas em sessões que são acessadas por um menu lateral, além de termos acessos aos módulos da suíte rapidamente.

Vale dizer também que cada ferramenta da suíte é muito bem explicada quando selecionada, permitindo com que usuários que não tem tanto conhecimento na área aprenda a usar facilmente as funções.

Temos três sessões principais no menu: Protection, Privacy e Tools.

 

Protection –  Proteção do sistema

Na sessão Protection temos acesso a tudo sobre a proteção do nosso sistema, incluindo o status de proteção dele e uma chave para ativar ou desativar o modo Autopilot, que faz com que o Bitdefender faça algumas escolhas por você, corrigindo erros críticos e manuseando o firewall, o antivírus, as atualizações e a proteção de privacidade silenciosamente.

Mais embaixo temos dois botões:

  • Quick Scan: Faz um escaneamento rápido no seu sistema, procurando qualquer tipo de malware, seja vírus, spyware no seu sistema;
  • Vulnerability Scan: Verifica quais pontos estão vulneráveis no sistema, incluindo se algum software instalado precisa de atualização;

Na mesma tela também temos acesso ao App Protection, que mostra os apps bloqueados no sistema por insegurança, ao File Protection, que lista os arquivos maliciosos encontrados e ao Web Protection, que mostra todos os ataques bloqueados durante uma navegação web.

Podemos ainda expandir essas configurações através do View Modules e ter acesso a tudo que a suíte proporciona em relação a proteção, incluindo um escaneamento mais profundo; um gerenciamento de spam bem interessante que permite bloquear emails e se integra com diversos serviços.

Também temos uma função a mais de vulnerabilidade que avalia a sua rede Wi-Fi onde o sistema está conectado; acesso a lista de aplicações confiáveis e bloqueadas; e botões com mais duas funções importantíssimas para uma suíte de segurança:

  • Firewall: Nela podemos verificar todas os processos que passaram pela avaliação do firewall, sendo que podemos gerar Rules (Regras) para cada um deles, bloqueando em determinadas situações a aplicação. Uma configuração em relação a rede conectada também existe, podendo definir o tipo da rede e o modo de segurança da mesma;
  • Web Protection: Nela temos acesso as chaves das funções de segurança relacionadas a web, incluindo as configurações de uma extensão para navegadores com suporte a extensões que verifica diversos fatores nos links, te mostrando se são seguros ou não antes de clicar neles.

 

Privacy – Controle de privacidade

Na sessão de Privacidade, temos acesso a dois modos principais:

  • Safepay: Função extremamente interessante, onde ao clicar você é redirecionado para um “novo sistema” que dá acesso a internet para que você acesse sua conta do banco, por exemplo, com o máximo de segurança;
  • Parental Advisor: Nessa função você tem acesso a controlar tudo quando crianças estiverem usando o computador, incluindo o tempo que eles podem ficar, os lugares visitados na internet e um levantamento sobre seus interesses e seu uso das redes sociais.

Temos acesso também a Wallet, que permite cadastrar cartões de créditos para pré-preenchimento em sites de compras, e parte File Vaults, que tem a função de encriptar determinada pasta ou arquivo com senha do sistema.

geral

Assim como na seção Protection, se clicar em View Modules temos acesso a mais ferramentas, como de importar Vaults ou de configurar a Data Protection, que deixa você excluir permanentemente determinado arquivo, e não ficar restos como ficam quando se apaga diretamente pelo Windows.

 

Tools – Ferramentas extras

A última sessão principal é a Tools, que dá acesso a quatro ferramentas:

  • OneClick Optimizer: Faz uma limpeza rápida em um click no sistema;
  • Startup Optimizer: Permite você selecionar quais apps que deseja que se iniciem com o sistema;
  • Anti-Theft: Um link para o site da Bitdefender que permite você ver a localização dos dispositivos com o Bitdefender instalado;
  • Disk Cleanup: Faz uma limpeza de disco mais profunda que a OneClick Optimizer, porém focada no disco rígido ou SSD.

geral

 

Temos ainda acesso a sessões que armazenam todas as notificações que a suíte lhe deu e outra de acesso a algumas configurações já comentadas por aqui.

Além, é claro, do gerenciamento da sua conta com a Bitdefender e uma tela com as configurações da suíte.

 

As funções funcionam como o esperado?

Testamos todas as funções por mais de duas semanas. Podemos dizer que a detecção em tempo real é excelente, em todas nossas tentativas de baixar algo contaminado propositalmente o Bitdefender nos adverte e age por conta própria graças ao Auto-pilot.

Em relação ao antivírus, vamos recorrer ao AV-Test, renomeado “testador” da eficiência na detecção de ameaças, onde o Bitdefender Internet Security 2016 (versão anterior) alcançou a marca de identificar 99% das ameaças testadas. Como a versão 2017 trabalha com a mesma base de dados que essa no momento, podemos usar como parâmetro essa avaliação da AV-Test, o que é uma marca excelente para um software do tipo.

Vale dizer que a empresa está entre as melhores anualmente nos testes, sendo inclusive a mais recomendada por “testadores” especializados no assunto.

O firewall é eficiente e não dá a sensação de “ficar constantemente no seu pé” como ficam os concorrentes, enchendo de janelas e perguntas a cada ação executada.

A navegação na web fica mais tranquila com a proteção que a suíte nos dá. Cada link é verificado antes se é seguro pelo software, evitando muito a contaminação, afinal, quando não entramos em sites potencialmente perigosos, a chance de contaminação do seu sistema diminui e muito. Isso é um grande diferencial: ter não só um programa que atua bem na hora de curar a doença, mas também na hora de preveni-la.

As demais funções são interessantes, algumas não tão necessárias como o Disk Cleanup e o Startup Optimizer, por já termos as mesmas funções nativamente no sistema.

A suíte também desempenhou bem no nosso sistema, não causando lentidão nem nada parecido. Testamos com dois sistemas operacionais diferentes (Windows 10 Professional e Windows 7 Professional Edition) em uma mesma máquina de porte médio: Processador Intel Core i5 3570K, 8GB de memória RAM 1600Mhz DDR3, com o software sendo instalado em um SSD (junto com o sistema). Demais informações sobre a máquina poderão ser disponibilizadas entrando em contato conosco pelos comentários.

 

E o Mobile Security & Antivirus no Android?

A suíte também oferece uma versão mobile. Fizemos os testes no Android 6.0.1 Marshmallow em um Moto Z e em um LG G2 com o mesmo sistema (assim como na versão desktop, fornecemos mais dados se necessário nos comentários).

O app também é recheado de funções, vamos a elas:

  • Verificador de Malware: Escaneia o smartphone procurando malwares;
  • Consultor de Privacidade: Fornece configurações em relação a privacidade do seu aparelho;
  • Segurança na web: Bloqueia páginas que contenham algum conteúdo malicioso;
  • Anti-roubo: Talvez a função mais interessante, quando tudo ativado, através do site da Bitdefender, você tem opções de ver as fotos tiradas com o aparelho quando errarem a senha, ver a localização, bloquear remotamente o aparelho e apagar os dados também. Além de poder emitir avisos sonoros remotamente. Testamos a função e tudo funciona muito bem. É possível também ter um controle de diversas mudanças por SMS;
  • Bloqueio de Aplicativo: Permite colocar senha em qualquer aplicativo;
  • Relatórios: Como o nome diz, fornece relatórios de tudo que aconteceu com seu sistema relacionado ao antivírus.

 

As funções funcionam como o esperado no mobile?

Testamos cada uma das funções por um período de duas semanas, e elas funcionam como o esperado.

Gostamos bastante do Anti-roubo e do Bloqueio de Aplicativo que funciona muito bem, podendo ser considerados um dos melhores disponíveis para Android. Vale dizer que as funções relacionadas a navegação são bem úteis para que não entremos em nada malicioso na web.

No entanto, em relação a função principal, que é verificar malwares no sistema do Smartphone, é teoricamente falho. Isso porque as vulnerabilidades do sistema Android, por exemplo, são lidadas pelo próprio sistema em atualizações, limitando qualquer aplicativo antivírus em apenas conseguir analisar os dados salvos no Smartphone, e não protegendo de uma maneira mais profunda o sistema como acontece na versão para Windows.

Em relação a desempenho, ele funcionou bem nos dois aparelhos que testamos (Moto Z e LG G2), consumindo cerca de 2% da bateria por hora com todas as suas funções ativadas.

 

Afinal, o Bitdefender Total Security Multi-Device 2017 vale a pena?

box_tsmd_en

 

Pontos positivos

  • Segurança eficiente
  • Design
  • Desempenho
  • Recheado de funcionalidades
  • Anti-roubo

 

Pontos negativos

  • Algumas ferramentas repetem funções que são feitas pelo próprio sistema

 

Vale a pena para quem?

A suíte da Bitdefender é feita especialmente para quem procura o máximo de proteção nos dispositivos em sua casa, usando Android e Windows ou Mac.

Ele é recheado de funções e trás praticamente tudo que precisa para controlar o acesso as suas informações, e por esse motivo, pode ser um pouco “recheado” demais para um usuário que só quer fazer escaneamentos de vez em quando, mas por outro lado, é completo para quem procura algo que cumpra todos os quesitos.

 

Vale o que custa?

A versão que recebemos para testes foi a Bitdefender Total Security Multi-device 2017 (que suporta até 5 dispositivos). A versão que está no site é a 2016, mas que será atualizada para a 2017. Em uma promoção de volta as aulas, ela está saindo por R$ 99,95/ano, sendo que o preço normal sai por R$ 196,95.

Diante de tantos pontos positivos e por confirmarmos de que realmente se trata de uma das melhores suítes em relação a escaneamento de ameaças do mercado anualmente, a bagatela de quase cem reais por ano acaba sendo um preço justo.

Existem também outras versões da suíte, que permitem quantidades menores de dispositivos utilizando a assinatura e removem uma função ou outra. Elas aparecem por preços menores e podem se adequar melhor ao seu uso, então vale dar uma olhada no site deles nessas versões também.

 

E você, o que achou? Comente!